sábado, outubro 29, 2011

Tenho medo



Tenho medo
desta loucura chamada amor
que m'abraça e leva
para outro lugar
onde nada há mais
que alegria e certeza!

Apavoram-me as lágrimas
que se soltam,
e frágil, frágil,
assim me sinto.

Não quero precisar de ti
quando não estás presente,
nem te quero querer
nesta saudade
que me morde a alma.

Tenho medo!
Medo de te amar demais,
medo que percebas
o volume inalcançável
desta coisa chamada amor.


Vera Sousa Silva





Enviar um comentário