terça-feira, novembro 28, 2006

Silêncio


Shiuuu!
Fica aqui comigo, em silêncio...
Não digas nada agora!
Dá-me a tua mão, olha-me nos olhos,
Ouve o som da minha alma que chora!

Shiuuu!
Ouves finalmente o que sinto por ti?
Um puro amor, tão grande querer...
Por vezes, quando estás longe,
O meu peito, de saudades, chega a doer.

Shiuuu!
O silêncio vale mais que todas as palavras.
Mostra-me, faz-me sentir o que sentes por mim!
Tira-me este nó maldito do coração
Apertado, como as fitas de cetim.

Shiuuu!
Estou farta das vãs promessas que me fazes,
Feres-me os sentidos, soam a traição.
Só aceito agora as tuas juras de amor eterno,
Se as fizeres com a alma e o coração.

Shiuuu!
Diz-me em silêncio quanto me amas...
Escuta a minha alma, ouve a minha dor!
Afasta os maus presságios do nosso caminho,
Promete-me, com os olhos, todo o teu amor!
Enviar um comentário