domingo, outubro 19, 2008

Amante sensual

Abre a boca

E devora-me a língua

Em gestos soltos e precisos

Como se não te chegasse o tempo

Para me amares com loucura.

Enrosca-te nas minhas coxas

E prova o meu néctar de mulher.

Deixa-me gritar

E leva-me ao céu,

Entra em mim

Profundo,

Em movimentos perfeitos

De amante sensual,

E no fim

Sacia-me a sede

Do teu vigor.


Vera Sousa Silva
Enviar um comentário