domingo, outubro 26, 2008

Momento



É aqui, na escuridão da noite, que encontro o meu caminho.

Iluminada pela lua, seguindo o rasto das estrelas cadentes, e com o silêncio roçando-me a alma, ao de leve.

Vem! Segue-me!

Não digas nada. Sente apenas...

Dá-me a tua mão e fecha os olhos. Fica assim, nesta quietude da noite. A nossa noite!

Pousa suavemente a tua mão esquerda no meu peito. Sentes? É teu este coração que bate amenamente, e, no entanto, com a força brutal deste amor que te tenho. Nasceu amando-te, e só agora te encontrou!

Respira profundamente e relaxa. Inspira a felicidade do momento. Quando acordares, na tua vida, no teu destino, esquecerás tudo isto. Mas o momento, o nosso momento, ficará para sempre!

Fecha os olhos... Sente! Lembras-te agora?
Vera Sousa Silva
Enviar um comentário