sexta-feira, janeiro 14, 2011

Em sintonia se espera



Há no ar um cheiro de amor
que exala dos corpos
unidos num beijo
onde as bocas são apenas
cúmplices apaixonadas
de palavras escondidas
debaixo de lençóis
onde os golfinhos dançam
como nós...

Olho-te e entrego-me
quente, intensa, tua...

O bater do coração
apressado pelo desejo
canta-te ao ouvido,
e tu, poeta,
tatuas versos
na minha (tua) alma.

Em sintonia vivemos
e esperamos
pela derradeira palavra
de amor.

Vera Sousa Silva

Enviar um comentário