quinta-feira, dezembro 28, 2006

Alma em Pedaços


Solto os cabelos ao vento,
Perco em ti a razão,
Alívio, sinto quando tento
Tirar-te do meu coração.

Arranco a alma em pedaços
Que se alimentam de amor,
Momentos bons, são escassos...
A vida é feita de dor.

Por mais que me tente perder
Nos braços de algum pecador,
Volto louca a correr
Juntar-me a ti, meu amor.
Enviar um comentário