quinta-feira, novembro 13, 2008

Sou tua...



O meu corpo

Tem toque de veludo

Na entrega carnal

Dos afectos

E desejos incontidos

Que não escondo

Atrás de máscaras

De menina decente.


Sou mulher,

Inteira, completa,

E quero-te

Ávido de mim,

Sedento dos meus seios

E ansioso

Pelo roçar das minhas coxas

Que se abrem para te receber.


Completa-me e mistura-te

Com os fluidos lascivos

Que se unificam

Em matéria

Que anseio receber

Dentro de mim…


Vem…

Sou tua!
Vera Sousa Silva
Enviar um comentário