sexta-feira, setembro 29, 2006

Amo-te

Amo-te!
E quero ser tua,
Descobrir teu corpo nua!
Quero-te!
E desejo-te ardentemente,
Quero amar-te eternamente!
Desejo-te!
E quando teus olhos me olham,
Sinto que teus braços me defolham!
E amo-te!
E quero que o saibas e me ames
E que sempre por mim chames!
E quero-te!
E desejo-te!
Enviar um comentário