terça-feira, janeiro 09, 2007

Pátria


Ai! Se eu pudesse fazer ouvir a minha voz,
Gritar bem alto o que Portugal sente…
Choraria lágrimas de sangue por todos nós,
Portugueses, tratados como se não fossem gente.

Desemprego, impostos, suborno, corrupção,
São agora o pão nosso de cada dia.
Esmagam-nos a alma e o coração,
Roubam-nos toda a nossa alegria.

Estes homens que governam o país
Ambicionando apenas enriquecer,
Arranjam tachos e ainda se diz
Que tudo fazem para o povo não sofrer.

Quem dera haver um dia um Presidente
Que viesse acabar com todo o nosso mal,
Com justiça levar o país em frente,
Erguendo de novo a bandeira de Portugal!
Enviar um comentário