sexta-feira, maio 04, 2007

Grito


A força que me faz gritar,
Envolver a noite com meu grito,
Chega onde não consegue chegar
A lua, com seu brilho infinito.

Ouves este grito que chama

Pelo teu nome, perdido no tempo?

Não sei já se a voz me engana...

Se é grito ou um lamento.

Perdi-te e perdi-me também!

Em vão te procuro em toda a parte...
Se é loucura ou mal de desdém,
Meu mal maior foi um dia amar-te.
Enviar um comentário