domingo, março 15, 2009

Conclusão


Quebrou-se a promessa vazia
Num rasgo instantâneo
De um olhar mortífero.

Partiu-se o coração abençoado,
Reduzido a fragmentos de pó
Levados pela ventania agreste.

Morreu a alma inquieta
Deixando apenas restos mortais
Inúteis até para as exéquias.

E nem olhaste para trás...

Vera Sousa Silva
Enviar um comentário